.

.

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Lamento

5 comentários:

  1. Olá, Loivarice, minha primeira visita e estou seguindo já.
    Adoro poesias e vi muitas aqui, nesse blog, *lindas.
    Essa poesia é triste, "cadê o sol-" ele se encontra em nós, quando estamos de bem com a vida, não é?
    Ultimamente não há muito sol no meu coração, mas ele retornará, agosto já foi e estamos na estação do Amor*...
    Um abraço, e se der me visite, eu me identifiquei contigo, somos aquarianas e tenho um filhinho* pequeno também.
    Até, boa semana.

    ResponderExcluir
  2. São dias necessários os dias de reflexão. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  3. Um momento de mergulho...
    Gde abraço, em divina amizade.
    Sonia Guzzi

    ResponderExcluir
  4. Loivarice
    Como sempre um encanto
    As vezes sentimos a necessidade de mergulhar a alma para um dia cinza . Deste emerge lindo poema.

    beijussss

    ResponderExcluir
  5. Posso passar por verões, eles vão me aquecer.
    Posso passar por outonos, eles vão me preparar
    dizendo que o inverno vai chegar.
    Quando o inverno chega lembro que a vida as vezes é fria,
    mas com certeza, as flores vão florescer com a primavera;
    elas estão ali para alegrar, perfumar, colorir e,
    mais uma vez lembrar que este ciclo recomeça...
    e aos quatro ventos declara, que só passa por tudo isso,
    quem está vivo.
    Então que venham os agostos, porque a vida ai está!
    Amiga, acabei de fazer este poema e dedico a você e a todos os que estão vivos porque Deus nos permitiu ainda estar aqui nesta Terra de contrastes. Terra que ele mesmo criou para o Seu louvor e para que tivéssemos tudo que necessitássemos para viver.
    Parabéns pela bela poesia!
    Bjs e que a paz de Deus encha seu coração!

    ResponderExcluir